Translate


Flagrei meu amigo assediando minha mulher!

Meu nome é Rogério, sou um homem casado e me considero um voyeur de carteirinha. Mas sempre achei que meu fetiche resumia-se apenas em apreciar casais aos amassos, ou espiar entre as pernas das mulheres em busca de suas peças íntimas. Mas descobri algo que não fazia ideia de o quanto iria me excitar, e foi durante um churrasco na casa de um grande amigo que fui me apresentado a este mais novo Fetiche. 

Gabriela e seu esposo Fernando são um casal de amigos muito íntimo. Sempre procuramos fazer algum programa juntos, desde pizza na casa de alguém, até shows, barzinhos etc... Recentemente Fernando organizou um churrasco em sua casa, era o primeiro jogo da Copa, Brasil x Croácia, algo somente para alguns amigos e familiares.

Assim que chegamos a casa deles fomos muito bem recebidos pela simpática Gabi. Michele e ela se davam muito bem e por isto tratei logo de deixá-las a sós para conversarem a vontade. Juntei-me a ao grupo dos homens que estavam próximo da churrasqueira, mas não via Fernando por ali.

Naquele dia, sem vulgaridade nenhuma, Michele era a mulher que mais chamava a atenção no ambiente, eu mesmo peguei-me admirando minha esposa enquanto conversava. Michele usava um vestido solto que ligeiramente curto e uma sandália de salto que empinava seu corpo deixando-a extremamente sensual.

E por mais que se esforçassem em disfarçar, eram claramente perceptíveis os olhares a ela, e aquilo começava a me deixar estranhamente excitado.
Eis que Fernando surgiu e avistando Michele imediatamente parou para cumprimentá-la. E aquele olhar, estava mais ousado, e observando-o as mãos dele apertando-a com certa malícia enquanto a abraçava me fez perder os sentidos por um breve intervalo, senti meu cacete endurecer assistindo a cena.

Aproximei-me deles, cumprimentei Fernando que não mediu elogios a Michele mesmo diante de mim e de Gabriela. Michele apenas sorria, estava visivelmente sem jeito com aqueles elogios.

Percebi que Michele estava mais soltinha devido à bebida, já não tomava mais os mesmos cuidados ao levantar-se ou cruzar as penas e por umas duas vezes flagrei Fernando olhando as pernas de minha esposa, assim como algumas trocas de sorrisos um tanto safados. “Caramba! Não é possível! Ela nunca demonstrou esta intimidade tão grande com ele...”, eu pensava percebendo aquele clima.

O churrasco foi rolando, assistimos ao jogo, comemos, bebemos e rimos muito. Naquela tarde eu fui voyeur de minha própria esposa, porém mais do que isto, saber que ela estava sendo desejada por outros homens acabou aguçando ainda mais libido.

Depois que o jogo acabou e a maior parte do pessoal foi embora. Michele, eu e mais dois casais da família de Gabriela ficaram para ajudar a ajeitar a casa. Cheguei até a tirar um pouco aquela pulga atrás da orelha que estava com Fernando. Mas foi ao despedirmos que presenciei uma cena que tem tirado meu sono até hoje.

No portão da casa deles fiquei conversando com Gabriela e sua Tia, até que estranhei a demora de Michele sair da casa. Com a desculpa de ir ao banheiro pedi licença as duas e fui entrando na casa com cuidado. 

Foi quando da janela da cozinha vi aquela cena que se passava nos fundos da casa, onde estava rolando o churrasco.

Michele pressionada na parede beijava Fernando com volúpia, uma das mãos dele encontrava-se dentro da calcinha dela bolinando-a, enquanto a outra subia por sua coxa. Fiquei completamente paralisado, e ao mesmo que recebia uma facada no peito, ver meu próprio amigo abusar de minha esposa me deixou com muito tesão.

De repente ela o empurrou e saiu correndo rindo, por minha sorte ela usou o próprio quintal para chegar à frente. E ali chocado com tudo aquilo ainda tive que ouvir Fernando dizer em voz baixa, “Ainda vou te foder sua safada...”.
Naquela situação realmente tive que ir ao banheiro lavar o rosto e me recompor, não queria deixar transparecer que havia visto algo. Depois de nos despedirmos entramos no carro, e seguíamos normalmente para casa. 

Mas naquele dia transamos com muita vontade, ela estava incrível e eu excessivamente tarado. Seu jeito comigo não mudou, chegamos até a reencontrar Gabriela e Fernando, e Michele não tem demonstrado aquela mesma afinidade com Fernando, o que me traz certo alívio. Porém é fato que vê-la nas mãos de outro me excitou, e agora ando pensando em abrir o jogo e demonstrar minha vontade em vê-la sendo tarada por outro homem. E ai, o que acham?

** Todos os nomes dos personagens, assim como de instituições utilizadas neste texto, são apenas nomes fantasias e não referenciam a nenhuma pessoa, local ou razão social.

** Participe deixando seu comentário no campo abaixo!

13 comentários:

  1. Eate conto me faz refletir em quantos homens perdem a oportunidade de realizar suas fantasias com a esposa, pelo fato de não se expressar. Muitos deles pensam que elas não vão aceitar, ou algo do tipo. Mas,talvez se eles se dessem ao trabalho de propor algo diferente, inusitado poderiam obter uma resposta positiva, e serem muito mais felizes. Por quê melhor que realizar uma fantasia, é podee fazê-lo com a pessoa amada.

    Adorei o conto. Easa nistira de jogo de sedução com o proibido é extremamente excitante.

    Beijos Dante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Cris, o mal de não dividir as fantasias com o parceiro para mim é mal do ser humano, seja homem ou mulher. Acho que criamos um medo idiota de acabarmos julgados como "tarados" enfim, mal visto. É um assunto complicado, mas eu faço votos para sempre procurarmos dividir as fantasias, ou ao menos revela-las .... tentar combinar algo. Obrigado pelo comentario

      Excluir
  2. eu acho que vc poderia ir em frente, por que agora sim to curiosa.. J..

    ResponderExcluir
  3. Talvez ela não demonstrou mais afinidade só pra disfarçar e não te deixar desconfiado...rsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Olá Dante, te leio já faz um tempinho mas somente estou comentando hoje. Já realizei essa fantasia do meu namorado. Parabéns pelas suas estórias!!

    ResponderExcluir
  5. O lá gostei do conto muito exitante, gostaria de fazer amizade com um cara que tenha essa fantasia, de ver sua esposa com outro sem ela saber que ele sabe, meu zap 31975158250

    ResponderExcluir
  6. Tô arrumando o terreno pro meu amigo comer minha esposa..tô fazendo eles ficarem íntimos e sentirem tesão um pelo outro...minha esposa reluta mas eu não desisto tô chamando ele pra almoçar em casa...pra ele vê mais ela...ontem ela tava com uma roupa de ficar casa ...e ele não tirava os olhos dela...fiquei com tesão do olhar guloso dele pra ela. ..vou ser CORNO nem que eu tenha que me esforçar pra isso...meu amigo não transa há muito tempo...vai ser uma loucura...ele tirar o atraso na minha linda esposa...tô esperando ansioso...

    ResponderExcluir
  7. Quem tem este ardente dessejo tem que dividir isso com sua esposa. Gostei do seu conto

    ResponderExcluir
  8. Se vc centiu tesão em ver sua esposa dando mole para seu amigo a ponto de seu amigo tocar na buceta dela é melhor aproveita do que ser traído escondido dá para ele ela vai dá é só ter oportunidade de ficar a só com ela assume que gostou e entra no jogo se quiser viro seu amigo donemagrao@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Muito bom seu conto tenho vontade de ver minha mulher assim com outro homem

    ResponderExcluir
  10. Roberto
    Aconteceu algo bem similar conosco, falei com minha esposa e ela aceitou.
    Hoje ao menos uma vez por semana ele dá uma passadinha na minha casa quando não estou.

    ResponderExcluir

O que achou deste conto? Expresse a sua opinião comentando neste campo. O comentário pode ser feito até como Anônimo, basta selecionar a opção no campo abaixo (Comentar como:).

 

Quem sou eu...

Minha foto

Quero compartilhar através de minha escrita um devaneio de sensações, sentimentos e desejos. Sejam bem vindos e apreciem sem moderação.

Qual o seu Sexo?

Contato como o autor:

Nome

E-mail *

Mensagem *

O que achou do Visual deste Blog?